Instituto Multidisciplinar em Saúde

Universidade Federal da Bahia

Campus Anísio Teixeira

NESC

Núcleo Epidemiologia e Saúde Coletiva (NESC), criado em 2006, congrega atividades de pesquisa, ensino e extensão e seus membros são prioritariamente professores-pesquisadores de diferentes áreas que atuam no processo educacional para formação de profissionais e pesquisadores com competência para reconhecer, propor e intervir nas diversas situações do processo saúde-doença. O Núcleo visa fortalecer e ampliar a atuação do IMS/CAT na Região do Sudoeste da Bahia contribuindo com a graduação, pós-graduação (lato e stricto senso), além de ações na educação permanente em saúde e educação popular.  Os membros do NESC têm apresentado propostas aos órgãos de fomento à pesquisa em âmbito regional e nacional, articulando-se, também, com outras Instituições de Ensino e Secretarias de Saúde. Destacam-se os financiamentos obtidos para o desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (PPSUS) e as inúmeras produções divulgadas em periódicos nacionais e internacionais.

Áreas de atuação:

Graduação

Os docentes inseridos no NESC atuam em diferentes bacharelados do IMS-CAT/UFBA – Biologia, Biotecnologia, Enfermagem, Farmácia, Nutrição e Psicologia, em diversos componentes curriculares e atividades pedagógicas.

Pós-Graduação

Curso de especialização em Gestão da Assistência Farmacêutica, modalidade à distância, em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina.  Informações sobre o curso são disponibilizadas emhttp://unasus.ufsc.br/gestaofarmaceutica/

Linhas de pesquisa:

O NESC atua nas seguintes linhas de pesquisa:

  • Morbimortalidade da população
  • Doenças infectocontagiosas, doenças e agravos não- transmissíveis
  • Políticas de saúde, planejamento e gestão em saúde
  • Gênero e raça/etnia
  • Farmacoepidemiologia
  • Saúde sexual e reprodutiva e os ciclos da vida

Projetos de Pesquisa em andamento

  • COMQUISTA: Comunidades Quilombolas de Vitória da Conquista (Bahia): avaliação dos condicionantes de saúde (2011)
  • Avaliação epidemiológica e econômica dos anticorpos monoclonais adalimumabe, etanercepte, infliximabe e rituximabe utilizados no tratamento da artite reumatóide, artite psoriatica e espondilite anquilossante em Minas Gerais (2011)
  • Gestão do cuidado em macrorregiões de saúde da Bahia: Atenção Primária à Saúde na Coordenação dos Cuidados Regionalizados (2011)
  • Intersecções no campo da saúde reprodutiva: Estudo sobre relações de gênero e raça/etnia na região do Sudoeste da Bahia (2010)
  • Avaliação Multidimensional de Idosos Cadastrados em Unidades de Saúde da Família do Município de Vitória da Conquista (2010)
  • Perfis Identitários: estudo comparativo sobre jovens estudantes da rede pública de Vitória da Conquista (BAHIA) (2009)
  • Participação Social e Relações de Poder no Conselho Estadual de Saúde da Bahia (2009)
  • Complexidade da Farmacoterapia e Adesão à Terapia Farmacológica: Validação de Instrumentos de Mensuração e Diagnóstico Populacional em Vitória da Conquista (2009)
  • Avaliação de Métodos de Ajustes Risco para Desfechos Hospitalares com Dados do Sistema de Informação Hospitalar do SUS (SIH/SUS); 2 – Mapeamento de especialidade farmacêutica comercializadas no Brasil para o sistema ATC/DDD (2009)
  • Gestão do Trabalho e Educação Permanente em Saúde em um município do Estado da Bahia (2009)
  • Pesquisas realizadas no âmbito do Programa de Educação pelo Trabalho (PET)
  • Perfil sócio-demográfico da população infanto-juvenil trabalhadora informal e condições de saúde desta população
  • Avaliação da complexidade terapêutica e adesão ao tratamento medicamentoso em pacientes atendidos em USF
  • Levantamento sobre o uso regional de espécies medicinais e percepção sobre o uso de fitoterapia no SUS
  • Avaliação do impacto dos fatores ambientais, sociais e econômicos na saúde dos usuários de Unidades de Saúde da Família do município de Vitória da Conquista
  • Variabilidade química de metabólitos secundários em espécies vegetais medicinais de interesse para o SUS no estado da Bahia e Plantas medicinais, fitoterápicos e equidade no SUS-BA (aprovados pelo Ministério da Saúde/FAPESB – editais PPSUS 2009 e 2010).
  • Perfil clínico, epidemiológico e adesão às diretrizes clínicas para tratamento da insuficiência cardíaca sistólica na linha de base do estudo longitudinal de saúde do adulto (ELSA)

Os resultados dos projetos e pesquisas produzidas sob responsabilidade dos professores-pesquisadores do NESC têm sido publicados em revistas indexadas, congressos e outros espaços de difusão do conhecimento.  Para consulta das publicações disponibilizadas via web indicamos o www.scielo.brwww.bireme.brwww.periodicoscapes.gov.br

Projetos de Extensão

Quanto às atividades de extensão universitária, os membros do NESC atuam nos programas PET (Programa de Educação pelo Trabalho) – Saúde da Família e Vigilância em Saúde; assim como no Pró-Saúde (Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde).

Mais informações podem ser obtidas no portal do Ministério da Saúde <http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/area.cfm?id_area=1597> e no blog do PET-Vigilância em Saúde <www.petvigilanciavca.blogspot.com>.

  • Envolvimento dos discentes do IMS-CAT para prevenção da Gripe “A” (H1N1) com a Secretaria de Educação do Município de Vitória da Conquista, no projeto: campanha de higiene e cuidado do corpo – estratégias para vencer a gripe “A”. 2- Oficinas de sensibilização orientações para prevenção da Gripe A (H1N1), no SAC – Serviço de Atendimento ao Cidadão do Governo do Estado/Posto Vitória da Conquista. (2009)

Composição do NESC

Coordenação

José Patrício Bispo Júnior

Vice-coordenação

Danielle Souto de Medeiros

Membros

Adriano Maia dos Santos
Andréa Batista de Andrade Castelo Branco
Danielle Souto de Medeiros
Luis Rogério Cosme Silva Santos
Luiz Gustavo Vieira Cardoso
Nília Maria de Brito Lima Prado
Poliana Cardoso Martins
Raquel Souzas
Rayana Santedícola Andrade
Vanessa Moraes Bezerra
Kueyla de Andrade Bitencourt
Márcia Aurelina de Oliveira Alves
Bruna de Andrade Braga Mendes

Sistemas SISCAT